terça-feira, 22 de maio de 2018

Vitrine da Memória - Migração & Memória

v. 7, n. 1, jan.-jun.2018
A primeira edição de 2018 do boletim Vitrine da Memória, tem como tema Migração & Memória, trazendo uma amostra do acervo da coleção INEP.  Entre as obras relacionadas, destacamos "Imigração e colonização no Brasil", de J. Fernando Carneiro.
Alemães, italianos, japoneses, portugueses e tantas outras etnias marcam a história da formação da população brasileira e são homenageadas nesta edição do boletim Vitrine da Memória, que dá continuidade a parceria com o Espaço Memória, Arte e Sociedade Jessie Jane Vieira de Souza e integra-se com a exposição "Migrações e refúgio: presença, história e desafios no Rio de Janeiro", em exibição de maio de 2018 a agosto de 2018.

Bibliografia sobre Migrações e Refugiados no acervo das bibliotecas da UFRJ

       A exposição “Migrações e refúgio: presença, história e desafios no Rio de Janeiro” estará em cartaz de 23 de maio a 30 de agosto no Espaço Memória, Arte e Sociedade Jessie Jane Vieira de Souza. Vinculado à Decania do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), o espaço traz, nesta sexta curadoria, fotografias sobre o cotidiano de migrantes e refugiados e as “Quartas em movimento” com debates, rodas de conversa, exibição de filmes, lançamento de livros e atividades culturais. 
      A objetivo desta exposição é propor a reflexão sobre a migração no Rio de Janeiro, em uma perspectiva histórica e na contemporaneidade. Os visitantes serão levados a conhecer e a dialogar sobre o dia-a-dia, relações de trabalho, lazer, conflitos, políticas públicas e demais aspectos da vida das pessoas que migraram para esta cidade. Os debates contarão com a presença de professores, pesquisadores, estudantes, integrantes de coletivos, ativistas e demais profissionais com atuação sobre este tema.
      A Biblioteca do CFCH/UFRJ faz parte desta curadoria, que conta ainda com o apoio e a parcerias de instituições como UERJ, UFF, PUC-Rio, Centro da Memória da Imigração da Ilha das Flores, Pares-CáritasRJ, Cátedra Sérgio Vieira de Mello / ACNUR-Uerj, Grupo Tortura Nunca Mais e Instituto Benjamin Constant.
      Para contribuir com a temática da exposição, realizamos uma pesquisa na Base Minerva (catálogo online que reúne o acervo das 45 bibliotecas da UFRJ) sobre Migrações e Refugiados. O levantamento utilizou a opção Busca Avançada da base e os filtros tipo de material e assunto, tendo por finalidade apresentar os resultados de forma objetiva e sistemática. A seguir, disponibilizamos o produto desta pesquisa:

BASE MINERVA
Livros sobre Migrações
Livros sobre Refugiados
Teses e dissertações sobre Migrações e Refugiados
 

OUTRAS FONTES
Base SCIELO
Artigos sobre Migrações
Artigos sobre Migrações e Refugiados

DIASPOTICS*
Biblioteca Diaspotics
Blog OestrangeiroFacebook Oestrangeiro



*DIASPOTICS - Migrações Transnacionais & Comunicação Intercultural é um grupo de pesquisa vinculado à Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ e ao Programa de Pós-Graduação em Psicossociologia de Comunidade e Ecologia Social (EICOS) da UFRJ. Coordenado pelo Prof. Dr. Mohammed ElHajji, Com uma proposta de apreensão, análise e compreensão do fenômeno migratório e diaspórico a partir dos fluxos e rastros subjetivos produzidos pelo imigrante e a comunidade diaspórica, mediados pelas TICs.


terça-feira, 10 de outubro de 2017

Vitrine da Memória - Herança negra no Brasil

v. 6, n. 3, out.-dez. 2017
v. 6, n. 3, out.-dez.2017
A edição deste boletim traz uma amostra da influência do negro no Brasil e das heranças que ficaram em nossa cultura: na religião, na música, nas danças... Por meio das obras de estudiosos da cultura negra como: Costa Pinto, Gregory Rabassa, Manuel Diegues Júnior, Arthur Ramos e Nina Rodrigues, presentes no acervo da Coleção INEP da Biblioteca do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFRJ, que refletem o pensamento de uma época e fazem parte da história brasileira. Assim, o boletim Vitrine da Memória, em continuidade com a parceria com o Espaço Memória, Arte e Sociedade Jessie Jane Vieira de Souza, integra-se com a exposição "Mwana: infância e relações sociais no Brasil e na África", em exibição de outubro de 2017 a março de 2018. 

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Vitrine da Memória: Imprensa Nacional

v. 6, n. 2, jul.-set.2017
O boletim Vitrine da Memória, nesta edição, apresenta como tema A Imprensa Nacional inspirado na obra do autor Oliveira Bello de 1908.
Neste número, o boletim junta-se ao evento “ECOfoto 2017”,  promovido pela Escola de Comunicação (ECO) e pela Decania do CFCH, através do projeto Espaço Memória, Arte e Sociedade Jessie Jane Vieira de Souza.
 
Mais informações sobre a exposição acesse


terça-feira, 18 de julho de 2017

Banco de Teses da Capes e BDTD/IBICT: quem é quem?

O Banco de Teses da Capes está com uma nova interface e contempla as teses e dissertações defendidas no Brasil desde 1987 até os dias atuais. Anteriormente os programas dos cursos de pós-graduação strictu sensu usavam um sistema chamado Coleta Capes para informar sobre a produção docente e discente dos programas e estes dados eram coletados para o Banco de teses e dissertações. Em 2014 foi lançada a Plataforma Sucupira que substituiu o Coleta Capes. Esta nova plataforma ampliou a divulgação dos dados e permitiu, em alguns casos, o acesso aos trabalhos na íntegra. Atualmente, os dados disponíveis na Plataforma Sucupira são fornecidos pelos programas de pós-graduação nacionais. 



A Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) do Instituto Brasileiro de de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) é um portal que tem o objetivo de reunir as teses e dissertações defendidas em todos o país e por brasileiros no exterior*. Atualmente fazem parte da BDTD/IBICT 105 instituições brasileiras. 



Reunir toda a produção nacional brasileira da pós-graduação é importante para o avanço das pesquisas. O ponto negativo é que o Banco de Teses, por ser alimentado por diferentes profissionais dos programas de pós-graduação, leva a algumas inconsistências na padronização, o que resulta em problemas na recuperação da informação.

A BDTD/IBICT em contrapartida possui um acervo digital de teses e dissertações que foram indexadas pelas bibliotecas das instituições participantes, onde existe um cuidado na entrada de dados para que a recuperação da informação não seja prejudicada. O ponto negativo desta base de dados é que ela depende do envio dos dados pelas bibliotecas das instituições num formato que permita a interface dos dados.

UFRJ ainda não está com a totalidade de sua produção disponível neste Portal, o que deve acontecer em breve. Para pesquisar as teses e dissertações da UFRJ use a Base Minerva.


A BDTD/IBICT e o Banco de Teses da Capes são ferramentas importantes para as pesquisas acadêmicas no Brasil e no exterior, no entanto é preciso estar atento a sua área de cobertura para que na metodologia do trabalho fique claro o que realmente foi pesquisado. 

* Dados retirados do link Sobre da BDTD/IBICT.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Livros eletrônicos Springer

O Sistema de Bibliotecas e Informação (SiBI) da UFRJ adquiriu livros eletrônicos da editora Springer que podem ser acessados na Universidade.

Para acessar de fora da UFRJ é preciso se cadastrar na página da base de dados Springer num computador da UFRJ e depois é possível acessar a coleção de qualquer lugar usando apenas os dados de login e senha cadastrados na página desta base de dados.

A coleção de livros eletrônicos contempla diversas áreas do conhecimento. A coleção que abrange os cursos atendidos pelo Centro de Filosofia de Ciências Humanas (CFCH) possui os seguintes números de títulos: Educação (1064), Meio ambiente (748), Ciências sociais (593), Filosofia (556), Psicologia (422), Ciências políticas e Relações internacionais (165) e História (66)
Passo-a-passo para acessar os Livros Springer:
- Acesse http://link.springer.com num computador da UFRJ ou ligado a rede wi-fi.

- Faça o cadastro clicando no link na parte superior a direita. Com este cadastro é possível acessar os livros fora da UFRJ.
- Na página da Springer selecione a disciplina (Educação, Psicologia, Ciências sociais, Ciências políticas e relações internacionais, Meio ambiente, História ou outras). 
- Clique para desmarcar o preview only content

- Verificar a coluna a esquerda onde aparece o tipo de conteúdo (capítulos, artigos, papers, livros, proceedings e revistas) 
- Basta clicar na opção (books) e acessar o títulos disponíveis.


Em caso de dúvidas no uso da base de dados Springer procure a Biblioteca.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Vitrine da Memória: Caio Prado Júnior e suas ideias

v. 6, n. 1, jan.-jun.2017

Neste número, o boletim Vitrine da Memória junta-se ao evento “Revolução em Imagens” promovido pela Decania CFCH/UFRJ, em exibição de 3 de maio a 28 de julho de 2017, no “Espaço Memória, Arte e Sociedade Jessie Jane Vieira de Souza” e, traz como tema, o autor Caio Prado Júnior.
 
O evento “Revolução em Imagens” consiste na exposição de fotografias e cartazes e na exibição de filmes seguida de debates sobre a Revolução Russa de 1917.
 
Mais informações sobre a exposição acesse